quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Crowded Mind

E sem querer troquei os passeios pelas estradas e as pessoas pelos automóveis.
Tenho saudades de tropeçar na calçada, subir e descer ruas, pedir "com licença" para passar, correr para apanhar o verde do semáforo, andar sob os toldos para estar à sombra ou para me proteger da chuva, dizer "Bom-dia" a quem conheço, entrar no café e ter o mesmo no balcão sem o pedir, passar por um tipo cuja cara-não-me-é-estranha, de andar de metro, de andar de táxi (e sempre irritadíssima porque o percurso que o "Sr. Fogareiro" escolhe que é sempre o mais longo), ter que andar a correr porque a loja vai fechar às 20h00, perguntarem-me se os meus pais estão bons, ver-me no reflexo da montra da loja e ajeitar o cabelo.

(Adoro a Cidade).

3 comentários:

Rute disse...

É, não é?!? ihihih
A cidade tb sente a tua falta!

Spirit disse...

Eu acredito que a cidade sente mesmo muito a tua falta :P

Eu pessoalmente estou cansada da cidade... prefiro a minha bela vila onde o mar é mais azul :)

Inês disse...

Epah mas cá...tirando os táxis, tem muito mais vantagens!
Dá para falar a TODO MUNDO e são todos bem mais simpáticos...

LOL!